quarta-feira, 1 de março de 2017

Material 8o Ano do Ensino Fundamental - Ciências.




Sistemas de Defesa(Imunidade):

A  pele é a 1ª barreira para a defesa do corpo, portanto, uma lesão na pele se torna um local onde muitas bactérias acabam entrando, atingindo outros tecidos e o sangue.

No local da lesão aumenta o fluxo de sangue(vermelhidão), trazendo células de defesa, as quais atravessam o vaso sanguíneo, juntamente com líquidos(edema) que se deslocam para a lesão.

Nos tecidos as bactérias(antígenos) entram em contato com células como os leucócitos que as capturam, destruindo-as. As bactérias também são destruídas por substâncias liberadas pela ação dos linfócitos.

Os linfócitos são formados na medula óssea e depois são armazenados e completam sua formação em um órgão chamado timo.

Nos tecidos  existem células que liberam anticorpos que combatem também as bactérias e substâncias estranhas. Bactérias marcadas com anticorpos são capturadas e destruídas por leucócitos e outras células de defesa.

As bactérias presentes no sangue são filtradas e destruídas no baço.

Na medula óssea ocorre a formação de todos os tipos de leucócitos, no entanto, estas células se multiplicam muito em órgãos como as tonsilas(amígdalas), linfonodos, apêndice e baço.

O contato das células de defesa com as bactérias e substâncias estranhas pode provocar a formação de células de memória, as quais atuarão rapidamente na defesa do corpo, caso ocorra novo contato com esses agentes.

As plaquetas do sangue atuam na formação do coágulo(casca dos ferimentos), criando uma barreira de proteção contra a entrada de mais impurezas.

Referências:
Amabis, José Mariano.Biologia.volume I,II,III. São Paulo. Moderna, 2010

Linhares, Sérgio. Gewandsznajder, Fernando. Biologia hoje. Volume I,II,III. São Paulo. Ática, 2012.

+++++++++++++++++++++++++++++++++

Nenhum comentário: